sexta-feira, março 14, 2008

Estação de Tratamento e Valorização Orgânica (ETVO) em São Brás

A Valorsul inaugura amanhã, dia 13 de Março, a última das suas cinco unidades operacionais, a Estação de Tratamento e Valorização Orgânica (ETVO), da Amadora, situada nos limites da freguesia de São Brás. Esta é uma instalação composta por tecnologia pioneira e única em Portugal que recebe resíduos orgânicos separados em restaurantes, cantinas e mercados, transformando-os num composto ou em energia eléctrica. Para assinalar a abertura deste equipamento, a ETVO vai estar de portas abertas para a visita de todos os interessados, no Sábado, dia 15. Gratuitas e sem necessidade de marcação, as visitas vão decorrer entre as 10 e as 17 horas e incluem explicações sobre o funcionamento da estação e actividades lúdicas para as crianças.

Haverá ainda visitas guiadas à instalação pelos técnicos da Valorsul, nos seguintes horários:

10H30
11H30
15H
16H

Fonte: Jornal da Região e Valorsul

Localização: Na Rua Fernando Maia, que liga a A-da-Beja às Águas Livres. Ver mapa

1 comentário:

Nuno disse...

Exmos. Senhores

Infelizmente os odores continuam.
Sensivelmente entre 21 de Abril e 4 de Maio, os odores foram contínuos e com períodos de grande intensidade.
A central tem uma série de problemas, como demonstram a quantidade de vezes que avaria e as falhas técnicas existentes.

Parece que nas datas acima referidas mais uma vez avariou.

É inconcebível verificar-se a eficácia de um novo processo de milhões de euros e que influencia a vida de milhares de pessoas em meia dúzia de dias (pois ainda no final de 2007 existiam problemas como de facto afirmam)e pagar-se ao mau construtor (um processo que se iniciou em 2000 e deveria terminar em 2002 - andou 6 anos com problemas e testes ) sem produzir nem gás nem energia como era prometido e estava nos cadernos de encargos iniciais.
Mais um negócio com contornos pouco claros.

O que mais me indigna é a posição da comissão de acompanhamento que não tem ninguém que more nos Moinhos da Funcheira zona mais perto e afectada pelos odores, nem ninguém das duas comissões de moradores existentes, apenas além dos técnicos da valorsul e convidado (que não moram nem estão no local) uma série de politicos que também não moram no local, apenas lá vão recolher os votos e como politicos gozam da credibilidade e proximidade da população que todos conhecemos. Já me esquecia de uma associação ambiental, que proponho vejam quais foram as accções reais de caris ambiental que desenvolveram nos últimos anos, pois é mais uma associação de jovens que respeita o ambiente e que tem sede a 10Km do local, era o carimbo verde necessário à Valorsul, verifiquem também os inteligentes apoios dados a actividades dessa associação pela Valorsul.

Pois é infelizmente o dinheiro compra tudo, é uma questão de preço e forma para não parecer mal.