quarta-feira, setembro 27, 2006

Ribeira da Falagueira ganha novas formas de vida animal

Uma das situações já detectadas pelos patrulheiros tem a ver com as novas formas de vida que têm surgido bem no coração do Parque Aventura. No troço da Ribeira da Falagueira que
atravessa o parque têm surgido patos e cágados. Os primeiros deslocaram-se do Parque « Central, os outros foram ali colocados pelos próprios utilizadores daquela área de lazer. Todavia, o fenómeno que mais tem espantado as pessoas que por ali passeam foi o surgimento, nos últimos meses, de centenas de pequenos peixes. "Alguém colocou aqui alguns peixes e estes têm desovado a um ritmo incrível. Já são às centenas...", explica ao JR José Carlos Dinis, morador num dos prédios próximos do parque. Contudo, segundo este morador, "muitos destes peixes têm morrido porque acabam por ficar presos no último lago, antes das grades que separam o troço aberto e o fechado da ribeira, e tentam subir um pequeno muro de cimento, nadando contra a corrente". Agradavelmente surpreendido com a existência desta nova forma de vida n ribeira, o vereador Gabriel Oliveira garantiu ao morador que a Câmara Municipal vai tentar encontrar uma solução para que os pequenos peixes não fiquem ali presos.

In Jornal da Região - Edição 50 - 26 Setembro a 2 Outubro 2006

2 comentários:

Ponto Verde disse...

Massa Critica Bicicletada de ontem, video no www.a-sul.blogspot.com

Anónimo disse...

olá!
embora não seja residente na amadora, todos os dias para lá caminho rumo à escola sup.de teatro e cinema. Gostava de saber a vossa opinião sobre uma possivel "ligação" entre a vossa actividade e a ESTC...uma vez que tanto a arte como ambiente são problemas que dizem respeito a todos.
Obrigada!