quarta-feira, março 21, 2007

Transportes públicos para o Moinho do Guizo



Apesar de muitos dos problemas da urbanização ainda não estarem resolvidos, nomeadamente o arranjo dos espaços verdes, os moradores do Moinho do Guizo vão ver resolvida, em breve, uma das lacunas do seu dia-a-dia. "Estamos a acabar o troço de uma estrada para que a urbanização possa ser servida de transportes públicos", revela Gabriel Oliveira, vereador responsável pelo pelouro das Obras e do Trânsito. A conclusão desta estrada surge após uma proposta da Rodoviária em fazer passar ali uma carreira que ligue o Moinho do Guizo à Pontinha, onde existe um terminal de autocarros e ainda uma estação do metro.

In Jornal da Região - Edição Amadora - 21.03.2007

2 comentários:

ponto verde disse...

Terra de merda, terra de comunas, não vale nada. Todos idiotas como este blogue.

Anónimo disse...

Todos já percebemos que o ponto verde andou a ofender pessoas em diversos blogues, todos já percebemos que o ponto verde se revelou como nazi e anticomunista, todos já percebemos que o ponto verde utilizou a estratégia da vitimização ou seja disse, mas depois veio dizer que não era ele, simulando assim que foi uma vitima de clonagem da sua identidade.
Simples de ver e perceber.