domingo, setembro 18, 2005

Eleições 2005 - Propostas Ambientais do Bloco de Esquerda para a Amadora










Política de Circulação e Transportes


Porque muitos habitantes do Município trabalham em Lisboa e são forçados a, todos os dias, fazer o trajecto entre a Amadora a capital, defendemos:

1. A criação de um passe único Autocarro-Metro e Autocarro-Combóio;

2.
O prolongamento da linha de Metro para o Casal de S. Brás;

3.
A criação de corredores “bus” que facilitem o acesso ao centro e às estações do Metro e da CP, e que sejam equipados com veículos de tracção eléctrica;

4.
A criação de uma empresa intermunicipal de transportes, dotada de veículos anti-poluição, com locomoção eléctrica – e estudaremos a possibilidade de implicar na produção desses veículos o know-how dos trabalhadores da Bombardier;

5.
A criação de zonas pedonais nos centros das diversas freguesias do Concelho;

6.
A criação de corredores para ciclistas em todas as vias que venham a ser criadas ou reabilitadas e, sempre que possível, nos diversos bairros da Amadora; - campanha de sensibilização dos automobilistas para a segurança dos ciclistas.

7.
A criação, a título experimental, e seguindo o exemplo das bugas de Aveiro, de uma rede de bicicletas municipais, que podem ser utilizadas pelos munícipes para se deslocarem de um ponto para o outro dos seus trajectos, dentro do perímetro urbano;

8.
A obrigatoriedade de inclusão de espaços cobertos para guardar bicicletas em todos os prédios novos, de habitação ou trabalho, incentivos para o mesmo efeito em prédios já construídos e instalação em espaços públicos (estações do metro, comboio, passeios, praças) de suportes para "estacionar" bicicletas.

9.
A conclusão da CRIL por um túnel, de acordo com os interesses dos moradores de Alfornelos, Venda Nova e Damaia, e afim de minimizar os impactes ambientais, assegurar a conservação do Aqueduto das Águas Livres e possibilitar a criação à superfície de um amplo corredor verde, com espaços de lazer.

Um Plano Ambiental para a Cidade

Defendemos:

1
. A criação do corredor verde da Ribeira de Carenque, ligando o Norte de Queluz até à Fonte Santa, com a criação de zonas de lazer;

2.
A recuperação da Ribeira e das suas margens, com plantação de árvores e o levantamento e controlo de todas a descargas de efluentes existentes;

3.
A recuperação da Ribeira de Algés entre a Buraca e o Norte de Algés, renaturalização das margens, criação de zonas arborizadas e espaços de lazer e recreio;

4.
A recuperação ambiental da antiga Lixeira da Boba e envolvente;

5.
A criação do Parque Urbano/Verde do Neudel;

6.
A elaboração de um plano ambiental de recuperação da Encosta Sul e Poente da Brandoa;

7.
A elaboração de um plano de plantação de árvores no Concelho, envolvendo jardins de infância, escolas, clubes desportivos, o Regimento de Comandos e todas as autarquias;

8.
A manutenção e renovação do espaço urbano entre a Escola Secundária da Amadora e o Estrela como local destinado a equipamentos desportivos e escolares, entre os quais um Pavilhão gimnodesportivo e uma Piscina municipal

9.
A instalação de painéis solares nas Escolas e edifícios municipais, bem como nos pavilhões e outros equipamentos desportivos;

10.
A criação de um mercado de agricultura biológica no mercado dos Moinhos da Funcheira;

11.
O aumento da limpeza das ruas, com campanhas de sensibilização da opinião pública para a limpeza urbana, nomeadamente no que diz respeito à deposição do lixo e aos dejectos dos caninos;

12.
A revisão do Regulamento Municipal e o seu efectivo cumprimento;

13.
A Promoção da recolha selectiva dos materiais recicláveis, assegurando uma rede de “ecopontos” de 100 em 100 metros, visando, a médio prazo, a recolha selectiva porta a porta;

14.
A recolha selectiva dos resíduos orgânicos junto dos mercados, cantinas escolares, refeitórios e restaurantes mais significativos;

15.
A recolha de material informático para metareciclagem e posterior distribuição pelos ATLs e Centros de 3ª Idade.

Candidata à Câmara Municipal - Diana Andringa
Candidato à Assembleia Municipal - António Santos


2 comentários:

Anónimo disse...

Metro para S. Brás é uma excelente ideia. Não falta espaço para instalar estação e interface de transportes. Por outro lado, esta freguesia está a crescer bastante.

teresa disse...

ola
Caros amigos

Gostaria muito de contar com as vossas ideias sobre AMBIENTE URBANO no blog que foi lançado para esta discussão.

Os vossos comentários podem ser colocados no Endereço, http://blog.lisboaparatodos.net/ e as vossas ideias para publicação, "Post", para o e mail ambiente.urbano@lisboaparatodos.net

Teresa